Sr. redactor do Diário de Noticias, venho pôr nas suas mãos a narração
de um caso verdadeiramente extraordinário em que intervim como facultativo, pedindo-lhe que, pelo modo que entender mais adequado, publique na sua folha a substância, pelo menos, do que vou expor.

Partilhar

Os Curadores II

42600ADF-9879-418D-8B52-8F038DD028E5

Rodrigo Moita de Deus e Manuel Falcão começam a preparar a exposição de fotojornalismo

Vários módulos do NewsMuseum serão assinados por curadores convidados. O nosso propósito tem sido o de ampliar as competências da equipa do projeto pedindo apoio específico a individualidades, nomeadamente do jornalismo e da comunicação, que nos ajudem a desenvolver e a validar determinados conteúdos.

Já aqui referi os primeiros desses curadores. Hoje passo a enunciar outros mais que aceitaram generosamente os convites que lhes fiz – apraz-me, aliás, relevar que o grau de aceitação tem sido de 100%, o que atesta o interesse com que está a ser acompanhada a iniciativa da Associação Acta Diurna.

Francisco Seixas da Costa, um dos mais prestigiados diplomatas portugueses e certamente aquele que melhor tem sabido escrever acerca da sua vastíssima experiência profissional, vai ser o curador da “Via dei Propaganda”. Trata-se, como o nome indicia (Via dei Propaganda é a rua de Roma que alberga o Palazzo di Propaganda Fide), de um espaço destinado a apresentar elementos históricos da propaganda, especialmente dos Estados – quer em regimes totalitários quer em democracia. E, sim, nesse espaço, os visitantes do Museu vão poder ter a experiência que apenas alguns de nós tiveram na vida: colar cartazes numa parede.

Vítor Serpa, um dos mais representativos dos jornalistas portugueses que se dedicam à problemática desportiva, aceitou supervisionar a referência do NewsMuseum a Cândido de Oliveira, o fundador de A Bola, combatente político contra o Estado Novo, uma daquelas personagens da vida real sobre as quais valia a pena fazer um filme.

Henrique Monteiro, o jornalista que mais crónicas assina na Imprensa portuguesa (pelas minhas contas são 9 por semana…), ex-diretor do Expresso do qual é, hoje em dia, redator principal, produziu já o guião e irá validar o módulo sobre Francisco Balsemão, uma das figuras mais importantes da nossa Indústria dos Media – basta dizer que foi o promotor do Expresso, da SIC e da SIC Notícias.

Catarina Vasconcelos, que me sucedeu na direção da consultora LPM, está à frente da equipa que está a conceber o módulo dedicado às Relações Públicas, disciplina da família da Comunicação que é, simultaneamente, uma ferramenta dos serviços de Marketing. Para evitar ferir sensibilidades concorrenciais, será um módulo essencialmente dedicado à história empresarial do sector e à sua dinâmica global.

Para além destes nomes agora referidos, estamos ainda a contar com a cooperação de outras individualidades do jornalismo e da comunicação. A seu tempo iremos proceder ao “registo” neste blogue.

Na foto, o diretor do Museu, Rodrigo Moita de Deus, e o curador do fotojornalismo, Manuel Falcão, imaginam…